Na Ilha


Livro: Na Ilha 
Páginas: 285
Ano: 2013
Editora: Intrínseca
Altora: Tracey Garvis Graves

Sinopse: Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente.
T.J Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola.
Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e,enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impossível acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarões do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia,mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada.
De início, tudo que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses,Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.

Resenha: Anna tem 30 anos e é professora de inglês em uma escola de Chicago, cansada da sua rotina e querendo ter um tempo longe de certas pessoas, ela decide dar aulas particulares nas suas férias de verão; logo ela é contratada pelos pais de T.J. Callahan,um adolescente de 16 anos que atrasou os estudos para se tratar de um Linfoma de Hodgkin (um tipo de câncer), os Callahan vão passar o verão nas Maldivas,acreditando que isso é o melhor para seu filho,mesmo ele dizendo que preferia ficar em casa e sair com os amigos.
O que ninguém contava era que isso resultariam em uma tragédia. Anna e T.J. vão uns dias atrás dos Callahan e por conta dos atrasos de vôos do aeroporto, acabam perdendo suas vagas em um hidro avião de Malé que os levariam para a ilha onde os pais de T.J. esperam, então eles conseguem um hidro avião fretado, mas no meio do destino o piloto sofre um ataque cardíaco e morre, Anna de T.J. sobrevivem mas acabam parando em uma ilha desabitada e precisam aprender a sobreviver até que alguém os encontre.

De início Anna só pensa em como proteger T.J. e em mantelos vivos, e não perder as espenças. Com o tempo T.J. se mostra muito mais maduro do que aparenta ser, não perdendo a calma e sendo corajoso.
Eles passam por situações extremamente perigosas e privações terríveis, mas juntos eles superam.
Nessa ilha Anna percebe que vai ser muito mais complicado conviver com um rapaz atraente do que sobreviver, pois aos poucos T.J. vai se tornando um homem.

Minha opinião sobre o livro: De início eu fiquei preocupada se iria gostar ou não do livro, pois a diferença de idade dos personagens principais é na verdade de 14 anos (mesmo sendo dito na maior parte da história que é de 13), mas quando fui para o cenário da ilha, vi que o livro merecia uma chance, tudo acontece naturalmente com o tempo e nada é exatamente planejado. Existe sim um romance mas nada fora da lei (kkkkk), eu me apaixonei por T.J. e amei a Anna; o livro é pequeno mas bem elaborado, a autora fez um belo trabalho na escrita e no desenrolar da história, vale muito a pena ler!!

Trechos que amei:

"- Você estava certa. Eu realmente precisava ficar sozinho. Mas algumas das coisas que você queria que eu experimentasse já ficaram para trás, e não posso voltar no tempo. Eu sei o que quero e é você Anna. Amo você e sinto muito a sua falta.
- Mas eu não me encaixo no seu mundo.
- Nem eu - disse ele, com expressão terna,mas decidida. - então vamos construir o nosso. Já fizemos isso antes."
Pág 268

"Suspirei aliviado. Peguei sua mão e fiquei imaginando se Anna tinha notado que minha mão estava tremendo um pouco. Ela pareceu chocada quando tirei o anel do bolso.
- Quero que você seja minha esposa. Não existe nenhuma outra pessoa com quem eu queira passar o resto da minha vida. Podemos viver aqui,você,eu,nossos filhos e o Bo. Mas agora eu entendo,Anna. As minhas decisões também afetam você. E agora é você que tem uma decisão para tomar. Quer casar comigo?"
Pág 271
(Até eu queria um pedido de casamento desses rsrd)

Beijões!! 

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário